Português (pt-PT)English (United Kingdom)

Entre já em contacto conosco +258 21 780726 GINAV

Vidro Temperado

  • PDF

O tratamento térmico de têmpera é um processo de aquecimento gradativo até se atingir a temperatura de 700ºC (estado plástico), seguida de brusco resfriamento. Ele provoca no vidro tensões internas (tracção e compressão), conferindo-lhe resistência mecânica até cinco vezes maior que a do vidro comum e resistência a impactos e variações de temperatura.

É considerado vidro de segurança porque evita a ocorrência de acidentes graves. Em caso de quebra, seja qual for o ambiente, o vidro se fragmenta em pequenos pedaços de bordas pouco cortantes, minimizando o risco de ferimento profundo.

O aumento da resistência permite a um vidro temperado de 8 mm, por exemplo, suportar o choque de uma esfera de aço de 500 g em queda livre, a partir de uma altura de 2 m. A mesma esfera provoca a que¬bra de um vidro de 8 mm, não temperado, em uma queda livre de 0,3 m.

O temperado possui também maior resistência à flexão que os vidros comuns e pode suportar diferenças de temperaturas de até 200ºC.

O sistema horizontal de têmpera, utilizado na GINAV, é mais moderno, não apresenta marcas de pinças e torna possível sua produção em grandes chapas e pequenas espessuras.

Após temperados, os vidros não podem ser cortados, furados, e recomenda-se que não sejam jateados.

É um vidro auto-portante, isto é, pode fechar vãos, suportado apenas com ferragens em suas bordas, fixadas por pressão em recortes ou furos. É o único vidro que pode ser utilizado em peça única, sem caixilhos, para a produção de portas de vidros.

Você está aqui: PRODUTOS Vidros Temperados